Social Icons

26 fevereiro 2013

Atividade Física em Jejum: Diga NÃO a Essa Prática!


A prática de atividade física em jejum é um assunto um tanto quanto polêmico e até mesmo preocupante.

Diversos estudos já mostraram que ao realizar uma atividade física em jejum ocorre maior mobilização de gordura corporal, o que poderia ser uma vantagem para quem está precisando eliminar alguns quilinhos, não é mesmo? Porém, essa queima de gordura que ocorre inicialmente não é tão significativa e existem mais desvantagens do que se pode imaginar.

Quando estamos em jejum, o nível de glicose no sangue está baixo, o que leva a um estado de hipoglicemia, isto é, a quantidade de energia disponível para realizar o exercício encontra-se diminuída. Em um estado de hipoglicemia podem surgir alguns sintomas que vão desde sentir-se vagamente mal até convulsões, desmaios e, raramente, dano cerebral permanente ou morte.

E não é só isso! Nessa situação também há perda de massa muscular, pois quando falta energia vinda dos carboidratos, o corpo começa a mobilizar os estoques de proteína. Assim, você pode estar pesando menos na balança, mas a sua composição corporal apresenta mais gordura e menos músculos, quando o que se deseja é exatamente o contrário. Além disso, o seu rendimento nos treinos também passa a ser menor.

O ideal é se alimentar bem antes de iniciar qualquer atividade física. Tome um bom café da manhã antes de ir para a academia e se você treina no período da tarde, não se esqueça de fazer um lanche completo, rico em carboidratos e proteínas, pelo menos 1 hora antes do seu treino.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Follow by Email

Translate

Estatísticas