Social Icons

01 abril 2013

Café: Dá Para Resistir?


O café é uma das bebidas mais apreciadas no mundo inteiro não só por seu sabor agradável, mas também por seu efeito estimulante que é quase uma injeção de ânimo extra para manter o pique durante o dia todo.

Estima-se que o grão de café torrado possui mais de 2 mil compostos químicos, alguns destes com atividades biológicas conhecidas que desempenham ações que podem ser benéficas para o organismo. Assim, podemos dizer que os efeitos do consumo de café dependem da qualidade e da quantidade de compostos químicos presentes na bebida.

O principal componente psicoativo do café é, sem dúvida, a cafeína.  Após a ingestão de doses baixas a moderadas desse composto, ou seja, cerca de 50 a 300mg de cafeína, é possível notar a melhoria do estado de alerta, da energia, da capacidade de concentração, do desempenho em tarefas simples, da vigilância auditiva, do tempo de retenção visual e diminuição da sonolência e cansaço.

Milhões de pessoas apreciam a bebida, mas talvez nem imaginem que o café também ajuda a aliviar dores musculares, melhora a memória, é rico em antioxidantes que combatem os radicais livres e previne alguns tipos de câncer.

Pesquisas também apontam o café como um bom aliado no combate à depressão e novamente por causa da cafeína, pois por ser estimulante do sistema nervoso central pode desencadear a sensação de bem-estar. Ainda falando de sistema nervoso, há estudos que especulam que a cafeína possa reduzir a incidência da doença de Alzheimer.

E não é só isso, outro ponto positivo para o consumo de café é que a cafeína causa dilatação dos vasos cerebrais, aumentado o fluxo de sangue para a região. É por este motivo que muitos medicamentos para dor de cabeça contêm cafeína em sua composição.

Por outro lado, a cafeína também exerce alguns efeitos negativos. Em algumas situações ela deve ser restrita ou reduzida como nos casos de refluxo gastroesofágico, de gastrite, por portadores de doenças cardíacas e hipertensos.

O consumo MODERADO de café é descrito como a ingestão de 3 a 5 doses diárias, o que corresponde a cerca de 150 a 300mg de cafeína.

São muitos os benefícios do consumo de café, vale a pena conhecermos algumas formas de preparo da bebida. Só tenha cuidado para não viciar!


0 comentários:

Postar um comentário

 

Follow by Email

Translate

Estatísticas